Menu

Acesse nossa rádio também nas redes sociais: 

16 99776 -1011


Victor e Leo lançam disco “Na Luz do Som”

06 DEZ 2017
06 de Dezembro de 2017

A dupla Victor e Leo escolheu a cidade de São Paulo para apresentar ao vivo, pela primeira vez, algumas músicas de seu novo álbum, “Na Luz do Som”


Uma das marcas da dupla é fugir da sonoridade do sertanejo convencional e criar arranjos diferenciados, que misturam influências de outros gêneros musicais. “O fato de sermos mais ecléticos faz com que nossa música chegue também a outros públicos além do sertanejo”, afirma Victor, que assina a composição de todas as 12 faixas do novo trabalho – em apenas uma delas, “Na Valsa do Vento”, seu irmão Leo também participou da criação.


“Também ouvimos outros gêneros, e eu diria que nossa música é universal e está mais para o que chamariam de “folk” ou de “world music” em outros países. Já gravamos reggae no álbum de 2010 (“Boa Sorte Pra Você”) e, neste novo disco, com uma pegada mais pop, tem até um blues”, define Victor. “Muitas pessoas já disseram que não apreciam música sertaneja, mas que gostaram do nosso trabalho. Ou que passaram a respeitar o sertanejo por causa da nossa música.”


Passaram-se 15 anos desde a gravação do primeiro álbum, “Victor e Leo”, mas, atualmente, os irmãos estão em uma turnê que celebra 25 anos de carreira – contados desde 1992, quando decidiram montar uma dupla sertaneja.


Uma música do novo álbum já é conhecida do público: “Senhorita”, que foi lançada em maio e cujo videoclipe já passa de 8,5 milhões de visualizações na página do YouTube. O próximo videoclipe, que deverá ser lançado ainda neste mês, será o da faixa-título, “Na Luz do Som”.


O álbum foi gravado entre fevereiro e setembro, em Uberlândia, onde os músicos residem. Mas os dois, na verdade, nasceram na pequena cidade de Além Campo, a quase 800 quilômetros de distância.


SEM PARCERIAS

Parcerias e regravações são algo comum para grande parte dos artistas de música sertaneja. Mas, entre as 12 faixas do novo álbum de Victor e Leo não há nenhuma canção que não seja assinada pela própria dupla.


“Isso sempre foi uma característica nossa, desde quando começamos a fazer música e nem tínhamos a ambição de gravar discos, 25 anos atrás. Não é por vaidade ou egoísmo”, assegura Victor.

“Geralmente, um disco tem um produtor, um arranjador e um diretor artístico. Nesse novo álbum, eu mesmo assumi essas três funções de forma natural. É algo visceral, muito próprio do nosso trabalho.”


De fato, nos sete álbuns anteriores gravados em estúdio, foram poucas as parcerias ou as participações especiais – a maioria das composições é assinada pelos próprios irmãos. No terceiro álbum da carreira, “Borboletas”, de 2008, inclusive, todas as canções foram compostas por Victor.


“É como funciona o nosso processo criativo, e isso está na maior parte de nossas músicas. Mas também já gravamos obras de outros compositores”, lembra o músico.


Fonte: Movimento Country

NOSSA RÁDIO

Voltar

Início      A rádio      Programação     Contato


DBC COMUNICAÇÕES S S LTDA
Rua Episcopal, 2717 Centro São Carlos -SP
16 3307 1011 / 16 3307 1012