Menu

Acesse nossa rádio também nas redes sociais: 

16 99776 -1011


Regina Casé e Globo são condenadas a indenizar pais de vítima de câncer

02 NOV 2018
02 de Novembro de 2018

A 1ª Vara Cível de São Paulo condenou Regina Casé e a TV Globo a indenizarem o encarregado de obras Vanderlei Velozo Miranda e Roseli Cristina da Silva Miranda, pais de Guilherme, um menino de oito anos, que morreu vítima de um tumor cerebral em 2015. No mesmo ano, a apresentadora exibiu no "Esquenta" uma entrevista com o menino, feita segundo os pais, sem autorização, enquanto ele estava na brinquedoteca de um hospital.

Guilherme morreu cinco dias depois da entrevista.

"A indenização será calculada levando-se em consideração diversos fatores, sendo os principais: o tempo de exibição fixado em 12 minutos aproximadamente e os lucros obtidos pela emissora no período de exibição. O valor somente será conhecido após perícia contábil determinada em sentença", explicou o advogado da família, Alexandre Damaceno ao UOL nesta terça-feira (30).

Vanderlei pede na ação R$ 3,949 milhões de indenização. Regina e a Globo ainda podem recorrer da decisão.

A Rede Globo e Regina Casé foram condenadas ao pagamento de indenização pelos danos materiais por uso indevido da imagem de Guilherme. "Como sempre defendido pela família, não houve autorização para a realização da entrevista, tampouco para exibição no programa e isso ficou devidamente comprovado no processo judicial", disse o advogado.

Procurada, a Globo disse em nota que  "O objetivo do programa foi acolher e confortar o menor e sua família. Estamos surpresos com essa decisão, já que os pais estavam presentes na gravação, acompanhando o menor, e participaram voluntariamente do programa. A emissora vai recorrer da decisão".

Fonte: Bol

Voltar

Início      A rádio      Programação     Contato


DBC COMUNICAÇÕES S S LTDA
Rua Episcopal, 2717 Centro São Carlos -SP
16 3307 1011 / 16 3307 1012